Milagre de Madre Teresa é uma farsa

Foi confirmado recentemente que um dos milagres atribuído à Madre Teresa de Calcutá foi uma farsa. A confirmação desse milagre seria uma das condições para a canonização da madre, em setembro próximo. A igreja ainda não se manifestou sobre o assunto.

Nem adiantaram as sensatas denuncias, com provas evidentes, feitas pelo jornalista britânico Christopher Hitchens sobre toda a farsa criada em torno da madre albanesa que largou pobres em um matadouro para ir viajar com autoridades e usufruir de todo o luxo que os cerca.

Para ser canonizada, a madre teria que ter no mínimo dois casos sem explicação lógica que poderiam ser classificados como "milagres". O primeiro caso foi o de uma Indiana que supostamente teria sido curada de um tumor pelo fato de uma medalha com a imagem da freira ter sido presa ao seu abdomen. Mais tarde, evidências mostraram que a indiana fez um tratamento médico convencional, seguindo todos os preceitos e curou-se na verdade por causa disso, pela medicina tradicional.

Curioso que a Igreja Católica preferiu para escolher o segundo caso, vir ao Brasil, um dos países mais religiosos do mundo e onde a maioria esmagadora da população é avessa a racionalidade e a capacidade de pesquisar e analisar.

Mas a Igreja Católica quer por que quer canonizar a freira, pois ela foi bondosa a igreja, desviando boa parte da verba para sustentar os templos de ouro do Vaticano. 

A canonização nada significaria para quem não é católico, mas o problema é que muitos entendem que a canonização seria uma espécie de "autenticação" da suposta perfeição mral da madre enganadora, que inclusive falava de maneira dura e levemente agressiva, como se não amasse ninguém. 

Infelizmente nos tempos atuais em que a moral (não confundam com moralismo, este em alta) e a ética andam em baixa, a ICAR também abriu mão da ética na hora de canonizar maia uma santa para a sua coleção de imagens. Um culto que dura mais de 2000 anos sem conseguir melhorar a humanidade.

Para a ICAR, interessa apenas que a canonização de uma freira que, mesmo farsante, foi difundida midiaticamente, consiga atrair muitos fiéis à igreja, para que os polpudos lucros do clero sejam mantidos e multiplicados. 

Comentários

Seguidores

Google+ Followers

Postagens mais visitadas