Religião só é boa se ficar limitada a ficção. Se envolver com a realidade, se torna nociva

Poucos percebem, mas as religiões não passam de mitologia moderna. O culto às divindades tem algo de análogo em relação aos deuses de mitologias antigas e até mesmo com os heróis de quadrinhos. Por serem mitologias, religiões enriquecem culturas oferecem entretenimento vasto e denso. Se permanecerem por aí, não há nada de errado.

Mas o problema é quando as religiões vão além disso. Legal você acreditar a existência (só para o próprio fiel) em algum ser "superior", mesmo sem estar comprovada. Crianças acreditam em seres imaginários e isso não é ruim. O problema é você conduzir toda a sua perspectiva de vida com base ao que diz esse ser imaginário. Aí sim, o trem começa a descarrilhar.

As religiões, quando interferem na realidade, passam a embutir nelas as características dos seres e dogmas ficcionais. Os fiéis passam a desejar para a realidade um mundo igual ao das lendas em que eles acreditam. O senso de moral, de caridade e de respeito humano fica vinculado a essas lendas, muitas vezes fugindo da lógica e do bom senso. Sem falar de que já é um absurdo em si estarmos submetidos de maneira quase escravista a uma poderosa entidade. Imagine construir a realidade com base no que essa entidade sem comprovação real diz.

Aos poucos a nocividade das religiões começam a aparecer, A memória curta e o desinteresse por fatos históricos fez com que as pessoas ignorassem as atrocidades terríveis feitas no passado e nome da fé. E muitos gostariam de reviver essa fase triste da humanidade, simplesmente para defender os valores abstratos e irreais da religiosidade.

Tomem um exemplo para entender o absurdo da interferência da religião na realidade. Uma pessoa pode morrer se não receber um transplante de sangue. Mas as "testemunhas de Jeová" não permitem essa transfusão preferindo que o fiel morra, para agradar a essa entidade imaginária. Ouvi falar e casos de siamesas e de um menino com rosto deformado (ambos os casos fáceis de resolver através de cirurgia) que se recusaram a operar porque "Deus quis que eles nascessem assim". Triste.

Com a crise de valores em que se encontra o Brasil, que faz com que as pessoas sedentas por melhorias, mas sem referenciais seguros sobre o que é bom ou correto, busquem no passado remoto valores considerados positivos, mesmo que estes estraguem os rumos do desenvolvimento social em que nos encontramos. O desespero das pessoas tem as devolvido ao caminho dúbio da fé, eliminando de vez a racionalidade tao necessária que resolveria os problemas atuais.

Estamos prestes a voltar para a Idade das Trevas. Teremos que começar tudo de novo na tentativa de consertar os estragos causados por um Gigante tão real como os que vemos nas mitologias e nas histórias em quadrinhos. 

Comentários

Seguidores

Google+ Followers

Postagens mais visitadas