Nada impede que loucos possam fazer parte de uma maioria

Se alguém chegasse a você e lhe contasse uma estória mirabolante sem pé nem cabeça, com seres extraordinários e garantisse que viu e falou com um deles, certamente você rotularia a pessoa de louca e mandaria internar, não é? Mas e se a pessoa der o nome de "religião" a essa estória? Aí a coisa muda...

Um dos fatores que fortalecem a religiosidade e  fato de que ela é praticada pela maioria. A maior parte da sociedade, pelo menos no Brasil (onde a religiosidade é forte e está prestes a virar fundamentalista, como reação às críticas feitas por irreligiosos nas redes sociais), é de religiosos. E além da religiosidade, seguir maiorias é outro cacoete tipicamente brasileiro. Andar no gado, obedecendo o vaqueiro parece ser uma coisa muito boa segundo essa maioria.

Já ouvi muita gente falar: "mas a maioria não pode estar errada em seguir uma religião!". Tudo bem a maioria segue alguma religião, principalmente alguma de origem cristã. Mas saibam que se não fazem parte da maioria, os ateus e agnósticos estão entre as pessoas mais sábias do mundo. Quanto maior a inteligencia, maior a vontade de analisar e pesquisar se algo é verdadeiro ou não. E se depois da analise algo for comprovado como falso, porque continuar acreditando nele?

Já falamos que a religiosidade é um tipo de loucura. Tem traços típicos de uma doença mental. Quando favorecidos, fiéis parecem alegres demais, como uma pessoa em transe narcótico. Quando contrariada se irrita ferozmente como um doido estereotipado e começa a fazer ameaças graves a quem o questionar, chegando muitas vezes a agredir quem discorda de sua crença cega.

Líderes religiosos não se importam com isso, pois dependem dessa loucura para manobrar as massas e preservar os interesses deles, de políticos e de empresários. Por isso que o poder faz questão que as religiões sejam mantidas, mesmo que políticos e empresários sejam ateus.

Que loucura boa essa da religião, para atrair tanta gente! Não por acaso, um cantor brega que costumava cantar que "tá todo mundo louco" virou cantor gospel. Todos ficaram malucos e ainda gritam "oba!" como se enlouquecer desta forma fosse algo muito bom.

Comentários

Postagens mais visitadas