Americanos são um povo altamente religioso

Sinceramente, eu nunca achei o povo americano um povo evoluído. Comparados aos brasileiros, os americanos tem muitos avanços sim, em suas convicções e no modo de agir, sobretudo quando o assunto é qualidade de vida. Mas se compararmos os americanos aos europeus e habitantes do Extremo Oriente, ih, aí a porca torce o rabo...

Os americanos são altamente religiosos. Mesmo que o índice de ateísmo e não-religiosidade seja relativamente alto, a maioria ainda é bastante religiosa. Festejos religiosos ainda são bem destacados na cultura americana e chegam a movimentar grossas camadas de lucro financeiro.

Ontem foi o Thanksgiving Day, em português: Dia de Ação de Graças. É considerado pelos próprios americanos o feriado mais importante do país, mais ainda que o 4 de julho, o Dia da Pátria. Não há um motivo realmente lógico que justifique a importância do Dia de Ação de Graças, senão a religiosidade. Considerar uma data como essa como a mais importante é um bom motivo para que classifiquemos o povo ianque como "altamente religioso".

Ele cai na quarta quinta feira de Novembro e serve como aperitivo para o natal, também muito comemorado por lá. Muitos cantores fazem questão de se apresentar nos desfiles que são feitos em prol da data, o que ajuda a acrescentar alguns trocadinhos nos bolsos, aproveitando a credulidade alheia.

A alta religiosidade do povo americano não seria um sinal de "avanço"? Claro que não! A religiosidade é um fértil terreno para um monte de preconceitos e crenças em absurdos que estimulam  manutenção de ilusões que estimulam a inércia intelectual da população. Se por um lado, os americanos tem qualidade de vida, por outro, ainda representam um povo altamente preconceituoso e de certa forma egoísta. 

Como os brasileiros, entendem a caridade não como uma atitude que possa garantir qualidade de vida aos auxiliados e sim um assistencialismo que possa compensar a manutenção dos problemas que ninguém quer resolver. Sim, com toda a qualidade de vida, os Estados Unidos tem problemas sim, e muitos. E isso tudo é agravado com a preocupação de todos os presidentes com a política externa, deixando os habitantes da própria nação a comer moscas.

Concluindo: os americanos podem até ser um povo mais esclarecido que o brasileiro em muitos aspectos, mas não é um povo evoluído. Não só pela religiosidade, é verdade, mas principalmente por causa dela. E essa religiosidade semi-secular nada te ajudado em transformar os americanos em um povo humilde, sensível e despido de preconceitos. Eles também tem muito a aprender.

Comentários

Seguidores

Google+ Followers

Postagens mais visitadas