Eles não querem doutrina. Querem se livrar dos problemas

Muita gente só vai conhecer o Espiritismo através da dor. Só procuram os centros quando desejam se livrar de algum problema. Isso não é bom, pois em muitos casos, além do neo-seguidor não estar atento ao conteúdo da doutrina, encerrado o problema, larga e volta à crença (ou não-crença) que possuía antes.

Na verdade, temos que acabar com a ideia de que as religiões - ou algo parecido - curam. Nada cura a não ser nós mesmos através das nossas atitudes, com o auxílio de algum especialista ou responsável que possa resolver o problema. O desespero e a preguiça faz as pessoa procurarem maneiras surreais para seolver seus prolemas.

Esqueçamos o surreal e lutemos para procurar resolver tudo com nossa proópria iniciativa. Problemas são na verdade desafios que nos ajudarão a desenvolver qualidades. Procurar meios fáceis de livrar dos problemas é o mesmo que negar o desenvolvimento dessas qualidades.

A Doutrina Espírita não foi feita para resolver problema de ninguém e sim para nos ajudar a desenvolver o intelecto e a moral (nesta ordem, de preferência), para que com isso, possamos encarar com mais capacidade todos os problemas e com isso resolve-los de forma mais rápida e segura.

Ilusão achar que o Espiritismo vai resolver nossos problemas. Pensar isso é se manter preso a estes problemas.

Comentários

Postagens mais visitadas