Papa Francisco e o "Papa" Francisco, unidos pela mesma fé

Recebi no Facebook muitas postagens de amigos espiritólicos (a versão deturpada da Doutrina Espírita, que tem Chico Xavier como líder máximo e onde as lições de Kardec são solenemente ignoradas), saudando o Papa Francisco, achando estar cultuando uma religião alheia. Nada disso.

Como eu havia dito, o que a maioria das pessoas erradamente conhecem como o "Espiritismo" no Brasil, é na verdade um catolicismo reformista enrustido, cuja únicas diferenças são a admissão da reencarnação e comunicação com os mortos e a não adoção de trajes nos sacerdotes e palestrantes. Até mesmo hierarquia há, do contrário que muitos pensam, já que a FEB, seguida por diretores de centros, representam sim, uma hierarquia.

Portanto não é estranho que os fiéis do "Papa" Francisco Xavier cultuem o Papa Francisco (embora o Papa Francisco seja muito mais evoluído intelectualmente que o falecido médium mineiro, este responsável por um grande travamento intelectual de seus seguidores). Até porque Xavier era católico da gema, devoto de Nossa Senhora da Abadia e rezava o terço todos os dias, todas práticas estranhas a Doutrina Espírita, que não admite cultos nem rituais.

O próprio Xavier havia pedido aos seus seguidores em sua entrevista no Pinga Fogo que obedecessem ao Papa e ao que ele denominava de Santa Igreja. O comportamento dos espiritólicos devotos de "São" Chico, é incoerente com a verdadeira Doutrina Espírita, mas perfeitamente coerente com o Catolicismo enrustido no qual se transformou o Espiritismo brasileiro, liderados por um Francisco tão católico quanto o atual papa.

Comentários

Seguidores

Google+ Followers

Postagens mais visitadas