Papa Francisco quer que igreja dialogue com gays e pró-aborto

Enquanto a seita igrejista sem pé nem cabeça que atende no Brasil pelo nome de"Doutrina Espírita", chamado de "Ciência" mensagens de paz e amor, a Igreja Católica mostra sinais de que quer evoluir.

Em uma entrevista recente, o Papa Francisco declarou que a Igreja anda muito obcecada em querer condenar homossexuiais e simpatizantes, defensores do aborto de da eutanásia e outras ideias que batem contra os dogmas da igreja.

Não que o Papa tenha passado a defender tais ideias. Mas o que ele diz é que ao invés de condenar os defensores dessas ideias, deve se ter um diálogo respeitoso. O que já é um avanço.

O Papa anda condena a obsessão pelo dinheiro. Obsessão que tem feito a Federação "Espírita" Brasileira lançar mão de muita mentira para vender livros e ingressos de shows musicais e filmes, além de transformar médiuns e espíritos em galinhas dos ovos de ouro, transformando as sedes da FEB em faraônicas catedrais.

Apesar de guiado por espíritos de católicos, o "Espiritismo" à brasileira tem estado muito perdido em seu caminho, se limitando a um moralismo caquético e jogando fora todas as oportunidades de análise científica e evolução intelectual, satisfazendo apenas os fiéis que esperam um pouco de sentimentalismo vazio. 

Já o seu "amigo de fé", o Catolicismo, que todos pensam estar retrógrado, poderá ultrapassar essa forma sentimentaloide de Espiritismo, aceitando melhor as mudanças que o tempo exige.

Comentários

Seguidores

Google+ Followers

Postagens mais visitadas