Ateus fazem postagens polêmicas sobre acidente com Chapecoense

Manifestações feitas por ateus sobre o acidente da Chapecoense causou imensa polêmica. Ainda mais em um país como o Brasil, com gigantesca maioria de religiosos de algum tipo de crença. Apesar da equipe deste blog também ser composta por ateus, não concordamos com as manifestações. 

Respeitamos a liberdade de crenças e mesmo entendendo que as religiões são mitologias e nada tem relação com o mundo real, reconhecemos que as mesmas são benéficas quando limitadas ao seu contexto e quando encaradas como manifestações culturais.

É preciso entender que a humanidade é relativamente jovem, se encontrando na infância coletiva. Ela ainda se encontra na situação de necessitar de um tutor e de estórias positivas que façam as pessoas a se desviarem por alguns minutos da triste realidade. Religião é ilusão (fato), mas ela é também um calmante bastante eficiente para mentes ainda ingênuas.

Não é bom rir da cara dos religiosos. Primeiro porque as pessoas tem os seus motivos, mesmo surreais, de acreditar em alguma coisa irreal. Segundo, porque ateus devem demonstrar um comportamento sóbrio. Com isso, ateus, além de mostrar que usam mais a inteligência, não reforçam o falso estereótipo de loucura e agressividade que é frequentemente associado a quem não tem fé.

E a atitude foi ainda mais grave, pois foi num momento de imensa dor coletiva, que foi a tragédia com a equipe da Chapecoense junto com jornalistas que estavam no mesmo voo. Era um momento que exigia o máximo de respeito pois as vidas de pessoas próximas aos acidentados, sejam as vitimas mortas ou sobreviventes, foi radicalmente alterada, não raramente para pior.

Sabemos que acreditar em coisas surreais é um absurdo. Mas a religiosidade só irá desaparecer quando a humanidade toda desenvolver seu intelecto e se empenhar para pensar por conta própria, sem influência de lideranças de qualquer tipo, mesmo as irreais como deuses e santos.

Comentários

Seguidores

Google+ Followers

Postagens mais visitadas