Os "Homens de Bem" e a criminalização do altruísmo

O Brasil, que sempre teve dificuldades de progredir, está prestes a entrar em um monstruoso (tanto no sentido de tamanho como no sentido de terror) retrocesso graças a forças contrárias a ideais de esquerda, sustentados por grandes empresários interessados em colocar um representante deles no poder. 

Esses poderosos donos do poder econômico não medem gastos nem esforços para ver seus interesses particulares sendo transformados em coletivos, angariando a simpatia popular de quem será traído posteriormente, após os objetivos sem atingidos.

Os direitistas, que se auto-rotulam "Homens de Bem" sabe-se lá porquê, se empanham a todo custo em eliminar as conquistas sociais e impedir que novas conquistas surjam. Bondade só a paliativa (estereotipada pelas religiões - vários direitistas são religiosos e os ateus de direita agem de má fé) ou a que ajuda certos grupos e indivíduos (como os próprios direitistas, simpatizantes ou pessoas envolvidas). Mas nunca o que seria a verdadeira caridade que ajudaria toda a sociedade eliminando com eficiência inúmeros problemas.

Uma onda cruel de sadismo começa a gerar a sua nuvem nociva na sociedade. Odiosos por ver um grupo político atrapalhar seus planos gananciosos, as elites recrutam inúmeros cidadãos sem conhecimento político e das estruturas que sustentam o poder, para serem seus defensores populares, dando um caráter falso de democracia a iniciativas que pretendem aniquilar os direitos das minorias e classes desprestigiadas.

Muitos já empenham em criminalizar os movimentos sociais que segundo o bom senso seria o mesmo que criminalizar o altruísmo e criminalizar também o desejo de ver uma sociedade melhor. Se a direita fala em "melhorar o país", é da boca para fora, para angariar simpatia popular às suas causas Mas quem tem a cabeça no lugar sabe que é impossível corrigir os problemas nacionais e praticar o verdadeiro altruísmo sem a prática responsável de ativismo social.

Sadismo desenfreado dos direitistas

Como eu falei, a direita finge de boa porque sabe que isso atrai gente para a suas causas. Na verdade ela defende os interesses de uns poucos e acredita que o bem estar coletivo é o malefício que prejudica os interesses de um grupo acostumado a passar por cima de tudo. Empresários e políticos de direita foram "educados" para mandar, enriquecer e praticar qualquer tipo de abuso. Essa elite de gananciosos arrivistas nunca aceitou receber ordens e ver o Brasil sendo gerenciado por pessoas que essa mesma elite considera "inferior".

Isso explica o sadismo desenfreado que contamina a direita brasileira. Incapazes de negociar com os seus opositores - e uma enxurradas de evidências comprovam esta incapacidade - os direitistas apelam para a mais cruel agressividade, eliminando à força qualquer um que imponha limites à sua ganância, pois cresceram com a nefasta ideia de que somente eles mereciam a felicidade e o bem estar.

Não sabemos até onde isso vai dar. Se os petistas saírem do poder, os direitistas se recolhem calminhos, mas sem deixar de cometer suas pequenas atrocidades no cotidiano ou nas redes sociais. Pessoas más são difíceis de se regenerar e o anti-esquerdismo já assume características de atitude criminosa que só e protegida pela desculpa "nobre" do "combate a corrupção". Se os petistas ficarem, teremos guerra civil, igual as que acontecem no Oriente Médio.

Se esquecem eles que além deles mesmos e de seus ídolos serem também corruptos, a corrupção não é um problema e sim uma consequência de muitos problemas gerados pela ganância e pelo arrivismo. Achar que tudo melhora com o fim da corrupção é querer cortar o mal pelo caule, ignorando a verdadeira raiz e os verdadeiros responsáveis pelo problema.

O comportamento dos direitistas mostram o estrago de uma educação mal oferecida. A falta de informação sócio-política-econômica favorece a criação de falsos mitos que inverte a posição de heróis e vilões na historiografia brasileira. Mas na hora certa, cedo ou tarde, os "Homens de Bem" vão ter que conviver e aceitar os vilões cruéis que escolheram apoiar.

Comentários

Seguidores

Google+ Followers

Postagens mais visitadas